User-agent*search Agosto 2009 - A HERDEIRA Agosto 2009 - A HERDEIRA

.

.

domingo, 30 de agosto de 2009

A vida de vagabundos americanos

A vida de vagabundos americanos

Aqui no Brasil conhecemos como mendigos... la, são conhecidos como vagabundos mesmo..
Não tenho informação sobre isso.. mas imagine.. pessoas ricas que querem conhecer o mundo e dormem em trens abandonados ou no meio do "chiqueiro"... cada imagem nojenta..kkk

01_polaroidkidd_83008

02_polaroidkidd_111549

04_polaroidkidd_138914

07_polaroidkidd_72911

08_polaroidkidd_91883

09_polaroidkidd_123023

11_polaroidkidd_163221

12_polaroidkidd_97029

15_polaroidkidd_99385

16_polaroidkidd_131833

17_polaroidkidd_105393

20_polaroidkidd_91742

21_polaroidkidd_91305

22_polaroidkidd_99724

23_polaroidkidd_127725

25_polaroidkidd_164022

26_polaroidkidd_128012

28_polaroidkidd_88222

29_polaroidkidd_110096

30_polaroidkidd_96975

31_polaroidkidd_133537

33_polaroidkidd_82458

34_polaroidkidd_93711

36_polaroidkidd_128102

41_polaroidkidd_167701

42_polaroidkidd_113313

Que nooooooojo :x

Jacuzzi de pobre

Perguntar Não Ofende...Se para a igreja, a pílula do dia seguinte já é aborto, então, surgem algumas dúvidas


Se para a igreja, a pílula do dia seguinte já é aborto, então, surgem algumas dúvidas: - A masturbação é homicídio prematuro ou premeditado ? - E o boquete? Será canibalismo? - Então, podemos considerar o coito interrompido como abandono de menor? - E o que dizer do preservativo (camisinha)? Por acaso seria homicídio por sufocamento?

NO LIMITE ,Dúvida cruel


Minha gente, vcs sabem onde cargas d'água o povo desse programa caga? Estou há 2 semanas sem dormir pensando nisso.

Super Bonder X Teflon


Eis uma pergunta que não quer calar.

- O Super Bonder diz que cola tudo, certo? (*certo!*)
- O Teflon diz que não deixa grudar nada, certo? (*certo!*)

Então, qual dos dois estará mentindo?? O_o
Quem será que quebra a invencibilidade de quem???
(Ou será que o Teflon é colado nas panelas com Super Bonder????)

Dia da Mentira

O Primeiro de Abril é sempre um dia de tensão. Tudo o que você vê, tudo o que você escuta e tudo o que você lê precisa ser pensado duas vezes para certificar-se de que não é uma mentira.

O Dia da Mentira é um acontecimento internacional. E, entre os adeptos da brincadeira, está o todo-poderoso Google.

Em 2000, lançou o Google MentalPlex, uma tecnologia que possibilitava ler a mente do usuário e saber o que ele desejava buscar; em 2002, o Google informou a adoção do sistema PingeonRank, que utilizava pombos para agilizar as buscas; em 2004, anunciou que estava contratando engenheiros para trabalhar no Google Copernicus Center, um centro de pesquisas que estaria planejando construir. Na lua!; em 2005, lançou a bebida Google Gulp (em quatro sabores), que prometia melhorar a inteligência das pessoas alterando o seu DNA; em 2006, foi a vez do Google Romance, em que o sistema “Soulmate Search” (busca de alma-gêmea) ajuda os usuários a encontrarem o seu par ideal; e, em 2007, a brincadeira foi o Gmail Paper, serviço que permite aos usuários do Gmail solicitar a impressão das mensagens e recebê-las em casa.

Parece que eles realmente entendem de mentira. A propósito, tente fazer um busca por “mentiroso” no Google e veja qual é o primeiro resultado encontrado.

Eu, particularmente, não sou adepto das brincadeiras no Dia da Mentira. Porque, se no Dia do Trabalho, ninguém trabalha, no Dia da Mentira, ninguém deveria mentir. Portanto, vou falar algumas verdades sobre o Dia da Mentira.

Tudo começou em 1564, quando o rei francês Carlos IX determinou que o ano começasse em 1º de janeiro, em vez de 1º de abril. A mudança repentina causou confusão e virou piada nos anos seguintes quando começaram a ser distribuídos convites para falsas festas de ano novo em abril.

Na verdade, ninguém tem certeza se esta história é verdade ou mentira. Esta é apenas uma das hipóteses para a origem do Dia da Mentira. Quer saber a verdade? Se eu te contar você não vai acreditar...

Teoria do Parabens

Parabéns pra você
Nessa data querida
Muitas Felicidades
Muitos de Vida

vamos la:
"parabens pra voce" (linha 1): o protagonista deseja que a pessoa que esta fazendo aniversario faça muitos aniversarios, pra que rapidamente ela morra de velhice e ele fique com sua herança.

"nessa data querida" (linha 2): na verdade, se vc oilhar bem, ele fala "nessa data, querida", simbolizando que ele chama de querida a mulher do cara que ta fazendo aniversario, com quem ele tem um caso, chifrando a pessoa que esta fazendo aniversario.

"muitas felicidades" (linha 3): na verdade, ele nao diz "felicidade", e sim, "Fel Ycidad", que vem do sanscrito "desgraças".

"muitos anos de vida" (linha 4): a velhice é diretamente proporcional à probabilidade de morrer e diretamente proporcional à quantidade de anos que a pessoa faz. "muitos anos de vida", é pra que a pessoa morra bem rapido.


me rachei rindo quando eu li
uhsahsuahsuahsa

A ciência do palavrão

A ciência do palavrão

Os xingamentos mostram a evolução da linguagem, das sociedades e, de quebra, ajudam a desvendar o cérebro.

Texto Alezandre Versignasi e Pedro Burgos

Por que diabos merda é palavrão? Aliás, por que a palavra diabos, indizível décadas atrás, deixou de ser um? Outra: você já deve ter tropeçado numa pedra e, para revidar, xingou-a de algo como filha-da -puta, mesmo sabendo que a dita nem mãe tem.

Pois é: há mais mistérios no universo dos palavrões do que o senso comum imagina. Mas a ciência ajuda a desvendá-los. Pesquisas recentes mostram que as palavras sujas nascem em um mundo à parte dentro do cérebro. Enquanto a linguagem comum e o pensamento consciente ficam a cargo da parte mais sofisticada da massa cinzenta, o neocórtex, os palavrões moram nos porões da cabeça. Mais exatamente no sistema límbico. É o fundo do cérebro, a parte que controla nossas emoções. Trata-se de uma zona primitiva: se o nosso neocórtex é mais avantajado que o dos outros mamíferos, o sistema límbico é bem parecido. Nossa parte animal fica lá.

E sai de vez em quando, na forma de palavrões. A medicina ajuda a entender isso. Veja o caso da síndrome de Tourette. Essa doença acomete pessoas que sofreram danos no gânglio basal, a parte do cérebro cuja função é manter o sistema límbico comportado. Elas passam a ter tiques nervosos o tempo todo. E, às vezes, mais do que isso. De 10 a 20% dos pacientes ficam com uma característica inusitada: não param de falar palavrão. Isso mostra que, sem o gânglio basal para tomar conta, o sistema límbico se solta todo. E os palavrões saem como se fossem tiques nervosos na forma de palavras.

Mas você não precisa ter lesão nenhuma para se descontrolar de vez em quando, claro. Como dissemos, basta tropeçar numa pedra para que ela corra o sério risco de ouvir um desaforo. Se dependesse do pensamento consciente, ninguém nunca ofenderia uma coisa inanimada. Mas o sistema límbico é burro. Burro e sincero. Justamente por não pensar, quando essa parte animal do cérebro fala, ela consegue traduzir certas emoções com uma intensidade inigualável.

Os palavrões, por esse ponto de vista, são poesia no sentido mais profundo da palavra. Duvida? Então pense em uma palavra forte. Paixão, por exemplo. Ela tem substância, sim, mas está longe de transmitir toda a carga emocional da paixão propriamente dita. Mas com um grande e gordo puta que o pariu a história é outra. Ele vai direto ao ponto, transmite a emoção do sistema límbico de quem fala direto para o de quem ouve. Por isso mesmo, alguns pesquisadores consideram o palavrão até mais sofisticado que a linguagem comum.

O cérebro vê o que ele quer que ele veja.

O cérebro vê o que ele quer que ele veja, quando alguém vê um fantasma, antes dela ter visto, ela já se alto preparou para ver o mesmo. A pessoa se alto prepara tendo medo e achando que vai ver um fantasma, e logo achar que ta vendo um. Uma prova de que nos mesmo que criamos os nossos fantasmas e a de que todos fantasmas que alguém vê ou viu, foi fantasmas que tinham visto antes e já tinham ficados impressionados com os mesmos, mas lógico em filmes ou em outros artigos de ficção. A precisão da mente e muito grande quando queremos imaginar alguma coisa, criar algum personagem, um exemplo: alguém já teve um amigo imaginário? Pois é tem crianças e adultos que tem a capacidade de imaginar um amigo imaginário Fazendo atividades, com ele no seu dia a dia, e outro exemplo e de você pegar uma foto, de uma fumaça e ver ela sem pensar em fantasmas... logicamente você só irá ver fumaça, mas si alguém antes te disser que você irá ver um fantasma, 80% das pessoas irão ver. Um outro exemplo que da para colocar em pratica e esse aqui, tenham uma boa leitura.

SE VC CONSEGUIR LER A PRIMEIRA LINHA, SEU CÉREBRO AUTOMATICAMENTE LERÁ AS OUTRAS.

3M D14 D3 V3R40, 3574V4 N4 PR414, 0853RV4ND0 DU45 CR14NC45 8R1NC4ND0 N4 4R314. 3L45 7R484LH4V4M MU170 C0N57RU1ND0 UM C4573L0 D3 4R314, C0M 70RR35, P4554R3L45 3 P4554G3NS 1N73RN45. QU4ND0 3575V4M QU453 4C484ND0, V310 UM4 0ND4 3 D357RU1U 7UD0, R3DU21ND0 0 C4573L0 4 UM M0N73 D3 4R314 3 35PUM4..
4CH31 QU3, D3P015 D3 74N70 35F0RC0 3 CU1D4D0, 45 CR14NC45 C41R14M N0 CH0R0, C0RR3R4M P3L4 PR414, FUG1ND0 D4 4GU4, R1ND0 D3 M405 D4D45 3 C0M3C4R4M 4 C0N57RU1R 0U7R0 C4573L0. C0MPR33ND1 QU3 H4V14 4PR3ND1D0 UM4 GR4ND3 L1C40; G4574M05 MU170 73MP0 D4 N0554 V1D4 C0N57RU1ND0 4LGUM4 C0154 3 M415 C3D0 0U M415 74RD3, UM4 0ND4 P0D3R4 V1R 3 D357RU1R 7UD0 0 QU3 L3V4M05 74N70 73MP0 P4R4 C0N57RU1R. M45 QU4ND0 1550 4C0N73C3R 50M3N73 4QU3L3 QU3 73M 45 M405 D3 4LGU3M P4R4 53GUR4R, 53R4 C4P42 D3 50RR1R!! S0 0 QU3 P3RM4N3C3 3 4 4M124D3, 0 4M0R 3 C4R1NH0.

.

Postagens populares

A HERDEIRA